A internet que te liga ao mundo (ou Quase o Petkovic entra na dança do desempregado)

Até tu, Pet?

Tudo bem! Fazia tempo que ninguém ouvia falar dele, mas foi só o ET morrer que a comoção tomou conta. Não que eu queira reclamar de algo, o cara era gente “boa”, não fazia mal a ninguém e nunca foi me acordar cedo lá em casa naquele quadro do Domingo Legal, mas o lance é que a internet faz com que tudo chegue rápido (e de qualquer lugar) até você mesmo que você não goste do assunto. Vai me dizer que você não soube que o Zezé de Camargo quase se separou da Zilu? Nem vou falar da Tessália, né? E o Pet que quase saiu do Flamengo? Bom, pelo menos algumas dessas notícias você viu por ai, mesmo que tenha sido sem querer. O Lula quase bateu as botas, quando estava se recuperando tentaram sufocá-lo com um capacete. Quase um homicídio (Nota do Factóide: Tentativa de Rubinhocídio?).

O que estou querendo dizer é que somos uma geração que se intercomunica: seja com um torpedo, twitter, uma camiseta legal que você coloca para sair sábado a noite, o Willian Bonner escolhendo pelo twitter a gravata que vai usar a noite no Jornal Nacional, ou até quando você pára numa lanchonete no centro da cidade, bate uma foto da coca-cola e três salgados que vai “rangar” e pronto, todo mundo estava ligado na merenda do nosso amigo Andrés Leal, do blog Tec-life (Nota do Factóide: Desse fato surgiu uma idéia insana), uma ótima fonte de informação por sinal.

Mas antes que você planeje seu carnaval, é bom dar uma ligada em tudo o que a cidade vai te oferecer. Primeiro que você pode conseguir uma fantasia na faixa. E segundo, seja qual for a sua tribo (manjada esse lance de tribo, né?) você terá para onde ir. E antes que a onda Maximal chegue roubando a cena, começou uma discussão sobre a vertente que pode ou não acertar Cuiabá em cheio, tudo isso veio a tona depois da apresentação do Rex The Dog por aqui, então fique por dentro.

E você deve ter ouvindo falar do Grito Rock. A festa Rock and Roll que ocorre em mais de 80 cidades simultaneamente encabeçada por nossa cidadezinha quente. Então ta, do festival falamos no próximo post, logo porque o Petkovic não vira para cá pular o carnavalzinho, se não ele é expulso do time. E já que estamos tratando dessa historia de como uma fofoca de propaga na internet, essa historia do Petkovic (do funk “é o pet, é o pet, é o pet… ) só foi pra jogar a imagem do time na lama (Nota do Factóide: Capa do Brasfoot é definitivamente o auge da carreira de Zé Roberto aka Zé Cachaça que os São Paulinos o adoram).

Pra você que só ouviu falar, a história foi mais ou menos assim: O Petkovic comemorava sua 150º partida com a camisa do clube e era domingo: Maracanã lotado, um FlaxFlu, as duas equipes muito bem no campeonato. Só que no intervalo do jogo o Pet foi substituído. Naturalmente ele virou “bicho” no vestiário porque o time perdia o jogo e acabou discutindo com o vice-presidente Marcos Braz. Pet saiu do estádio, mas foi advertido a não sair para esperar o sorteio do anti-doping. Pet – no auge do grilo – saiu do estádio e ficou por perto, andando de carro, ouvindo o jogo pelo rádio. Segundo ele: – esperando alguém ligar caso fosse necessário fazer o antidoping. Porém, o vice-presidente ficou louco por ele ter saído. Imediatamente ligou para a presidente do Fla, Patrícia Amorim, e comunicou que estava afastando o jogador. E a partir daí a noticia foi mais importante que o belíssimo clássico que foi o FlaxFlu deste domingo.

É engraçado como funcionam as coisas. Faz mais de dez anos que o Flamengo não tem um time que presta e agora os caras começam a brigar entre si por puro ego. Primeiro que o Pet está errado, afinal não tem mais 18 anos de idade para ficar “esquentadinho” com substituições. E outra, que história é essa de ficar rodando o bairro ouvindo do rádio? Mas nada se compara a atitude coronelista do vice Marcos Braz (Nota do Factóide: Marcos Braz Facts). A começar por sua interferência de afastar o jogador ligando para a presidente comunicando a decisão. Ora, ora, desde quando um vice-presidente tem essa autonomia? Vice é um cargo de expectativa, ou seja, se o presidente morrer ou sair, ele assume. Se não, ele fica lá, só esperando.

Mas não, ele ligou pra a presidente e determinou a saída do jogador. É fácil entender, afinal ele era o presidente do Flamengo e a Patrícia era sua subordinada. Então claramente ele usou dessa influência para que ela não “o desobedecesse“. Mas a prova de coronelismo não mora somente ai, o bafafá todo só saiu na imprensa porque ele queria por que queria que o Pet pedisse desculpas para ele pelo ocorrido. Imagine só, ele faz um escândalo todo só para o cara pedir desculpa pra ele? Será que o Flamengo precisa de um Eurico Miranda? Dá raiva como flamenguista. Dá ódio como um entusiasta do futebol brasileiro.

Mas nada é mais legal quando alguma coisa dá errado. E quando aparece uma putaria então…

“We Are The World” para as vítimas do Haiti

A volta da Casa Fora do Eixo

É isso mesmo. A já lendária (e porque não saudosa) Casa Fora do Eixo está de volta. Durante um ano a rua 1 do Boa Esperança foi palco de bons eventos, sempre com bandas legais e um público que foi se formando, tanto do rock, como do eletrônico. Para quem acompanhou toda a trajetória, mesmo antes – quando o espaço ainda era o Neurô – deve ficar com saudades daqueles dias. E a boa noticia é que o Espaço Cubo, que gerenciava a casa, decidiu reabri-la já agora no Grito Rock [durante o Carnaval]. O local não será o mesmo. Vai ficar na rua de trás do Gerônimo, mesma rua do Clube de Esquina e Moto Blues Bar, onde ficava o Sukkata Pub. Vai perder?

PS (Que também é Nota do Factóide): O Matheus Moraes escreveu um texto muito bacana baseado neste daqui.

6 Respostas para “A internet que te liga ao mundo (ou Quase o Petkovic entra na dança do desempregado)

  1. mais um post bacana heim!
    hehehe 😉

  2. Nem vou comentar mais nada depois de tantas “notas do Factóide”.

    Mas já está engatilhado um post bem bacana sobre a casa fora do eixo na semana que vem!

  3. post “longo” mas muito agradavel para ler..
    parabens..

    casa fora do eixo promete agitar as sextas feiras na hell city..

  4. as notas do factóide são o melhor do texto, rs.

  5. Num é atras do Geronimo, é na rua do Geronimo atras do Canela Fina (antigo Café Cancun)

    bjs

  6. Na verdade é tudo culpa do Gerônimo, tem vezes que parece que a entrada é em uma rua (a da CFE) outras vezes é na Candido Mariano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s